O local

 

Grovelas

Orago: S. João Evangelista
População: 277 habitantes
Actividades económicas: agricultura e pecuária
Festas e romarias: Santa Ana (último domingo de Julho)
Património cultural e edificado: igreja paroquial de Grovelas; capela de Santa Ana e cruzeiro
Artesanato: tecelagem e bordados de linho

Grovelas é o nome de uma freguesia do concelho de Ponte da Barca, que recorda a tribo dos Gróvios, originários dos Celtas, que foram um dos povos que habitaram o vale do Lima antes da vinda dos romanos.
Está localizada nas encostas da Serra do Oural, donde se observam lindas panorâmicas. As primeiras referências conhecidas a Grovelas datam das Inquirições Afonsinas, de 1220 e 1258, sendo nestas últimas mencionada: “Incollatione Sancti Johannis de Grovelas”.
Nas Inquirições efectuadas no reinado de D. Dinis, vem já citada como freguesia de S. João de Grovelas. No catálogo das igrejas, organizado em 1320, para pagamento de taxa, Grovelas, incluída na época na Terra do Vade ou de Nóbrega, foi taxada em apenas 20 libras.
“No registo da cobrança das “colheitas” dos benefícios eclesiásticos do arcebispado de Braga, feito entre 1489 e 1493, D. Jorge da Costa apurou o rendimento à igreja de Grovelas em 25 soldos, sendo em dinheiro com “morturas”, 113 réis e 8 pretos”. Situava-se na Terra da Nóbrega.
Em 1528, o Livro dos benefícios e Comendas refere esta freguesia como anexa ao Mosteiro de S. Martinho do Crasto.
Pertenceu ao concelho de Aboim da Nóbrega, até à extinção deste, por decreto de 31 de Dezembro de 1853. Integrou depois o de Ponte da Barca.